Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Google busca aval para testar drones em combate a incêndios

 Google busca aval para testar drones em combaate a incêndios



Segundo um documento de solicitação assinado na última terça-feira (2), na Administração da Aviação Federal norte-americana (FAA, na sigla em inglês), a Google demonstra interesse em efetuar testes de drones capazes de combater incêndios. O uso de aeronaves não tripuladas para esta finalidade já é estudado há algum tempo e vem ganhando destaque em vista aos recentes incêndios no início do último ano. A solicitante, curiosamente, é o Grupo de Pesquisas Climáticas e Energéticas da Google e não a subsidiária Wing, que já possui aprovação da entidade e operou drones para realizar serviços básicos, como entrega de comida e remédios, durante a quarentena em razão da covid-19.



A principal aposta da Google para a tarefa é o HSE-UAV M8A Pro, um drone de alta capacidade usado principalmente para facilitar funções na agricultura, como a dispersão de agrotóxicos nas plantações. O equipamento foi desenvolvido pela empresa Homeland Surveillance & Electronics LLC, possui 45 kg de peso quando carregado e "apenas" 25 kg de peso próprio. Supostamente, o grupo de pesquisadores espera utilizá-lo carregando água e produtos químicos no combate a incêndios. Sem mais informações oficiais divulgadas pela Google, os supostos testes do M8A Pro devem ocorrem em breve em uma propriedade privada na cidade de Firebaugh, no estado da Califórnia (EUA) — caso sejam aprovados pela FAA.

Postar um comentário

0 Comentários